Telefone

(22) 2796-6122

E-mail

redepetro-bc@redepetro-bc.com.br

Endereço

Estrada Virgem Santa 657, Botafogo, Macaé(RJ)

Rede Petro-BC reforça a importância de Macaé e região Norte-Fluminense para a indústria de óleo e gás no lançamento do Promar

Rede Petro-BC reforça a importância de Macaé e região Norte-Fluminense para a indústria de óleo e gás no lançamento do Promar

O Programa de Revitalização e Incentivo à Produção de Campos Marítimos (Promar) foi lançado pelo Ministério de Minas e Energia (MME), por meio de plataforma online, em 11 de março de 2021, e contou com a participação da Rede Petro-BC e representantes de entidades afins da indústria de óleo de gás.

O programa busca criar condições para a revitalização dos campos maduros e melhor aproveitamento de petróleo e gás natural de economicidade marginal, com o objetivo de estender a sua vida útil e aumentar o fator de recuperação das bacias, tendo em vista que os fatores de recuperação atuais do pós-sal são de 23% para petróleo e 30% para gás natural.

O evento foi apresentado pela diretora de petróleo, gás e biocombustíveis da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Heloísa Borges; e contou com a participação do ministro de Minas e Energia (MME), Bento Albuquerque; do secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (SPG/MME), José Mauro; dos deputados federais Christino Áureo, Paulo Ganime, Otoni de Paula e Clarissa Garotinho; do secretário de desenvolvimento econômico do Estado do Rio de Janeiro, Leonardo Soares; do presidente da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro) e prefeito de Campos dos Goytacazes, Wladimir Garotinho; do diretor geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, Rodolfo Saboia; do presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Thiago Barral; do secretário adjunto de Trabalho e Renda, Cristiano Almeida Gelinho, que representou o prefeito de Macaé, Welberth Rezende; da presidente do instituto Brasileiro do Petróleo (IBP), Clarissa Lins; da presidente da Associação Brasileira dos Produtores Independentes de Petróleo e Gás, Lívia Valverde; do presidente da Organização Nacional da Indústria do Petróleo (ONIP), Eduardo Eugênio; do diretor presidente da Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Petróleo, Adyr Tourinho; do coordenador da Rede Petro-BC, Glauco Nader; e da pesquisadora da FGV Energia, professora Fernanda Delgado.

O coordenador da Rede Petro-BC, Glauco Nader, destacou o potencial produtivo da Bacia de Campos e reforçou a relevância da região para a indústria do petróleo e gás natural no que tange à experiência nos 32 campos maduros e 24 plataformas atuantes. “É de suma importância que a infraestrutura nesses campos maduros gere desenvolvimento econômico para o Estado do Rio de Janeiro e para o país” – pontuou Glauco.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, destacou a importância da região Norte-Fluminense para a cadeia produtiva de petróleo: “Em breve faremos visita a Campos e a Macaé diante do grande interesse nesta região que atende à dinâmica do mercado. O Promar não teria sido criado sem essa sinergia”, ressaltou.

De acordo com as premissas do Promar, viabilizar a reabilitação desses campos marítimos no Brasil significa garantir a continuidade do pagamento de participações governamentais, geração de empregos e manutenção da indústria de bens e serviços locais, além da geração de mais oportunidades de negócios, que vai ao encontro do objetivo principal da Rede Petro-BC.

O cronograma de ações do Promar contemplou a consulta pública, que ocorreu entre os meses de janeiro e fevereiro, e apresentou as próximas etapas após o lançamento com 1º workshop em abril, fórum de discussões temáticas em maio, 2º workshop em junho e entrega dos resultados do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) em julho deste ano.

O evento foi transmitido pelo Youtube e pode ser assistido na íntegra pelo link www.bit.ly/LancamentoPromar.

Tags: , ,
Fazer comentário