Windeo inicia suas atividades no Brasil

O investimento da empresa nesta negociação será de R$ 2,5 milhões. De acordo com o presidente da Windeo, Olivier de Feraudy, a empresa pretender investir também em pesquisa, desenvolvimento e formação profissional. “Há todo um mercado que nós deveremos criar e educar conjuntamente. Ao final dos 18 primeiros meses de atuação, projetamos um faturamento entre R$ 5 mi e R$ 10 mi”, afirmou Feraudy. 

A Windeo deve concentrar suas atividades na região sudeste do país (Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte) em todos os sistemas ligados à rede elétrica nacional, e também em projetos de sítios isolados, particularmente na Bacia Amazônica.
A empresa apresentou um volume de negocios em 24 milhões de euros em 2011, com um aumento de 140% em relação a 2010. 
A previsão é de que a Windeo tenha mais seis novos negócios em 2012. Com esta nova instalação, a Companhia vai ampliar seu campo de atuação em todo o país, primeiramente via uma rede de indústrias parceiras e representantes e, em seguida, por meio de um modelo de franquias, como já realizou na Europa. “Um país onde há 197 milhões de habitantes, o consumo de energia elétrica cresce em torno de 5% ao ano. Isso significa que se instala cerca de meia usina hidrelétrica de Itaipú a cada ano para atender a demanda, sem considerar as cinco milhões de pessoas que não recebem nenhum tipo de energia em suas casas.Ou seja, há muito mercado no Brasil para investir”, explicou Olivier de Feraudy, presidente da Windeo Green Futur Brasil. Além de fortalecer a geração de empregos, a Windeo também participará da preservação do meio ambiente do país, através do Setor de Responsabilidade Socioambiental. A empresa desenvolverá projetos em favelas do Rio de Janeiro e no Parque Nacional do Xingu, junto às populações indígenas e ribeirinhas.
Fonte: NN – Margaridas Putti.
]]>

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*