Venezuela acerta venda de 10,8 milhões de barris de petróleo ao Uruguai

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, iniciou nesta terça-feira, 7, seu giro pela América do Sul com uma visita oficial ao Uruguai. Na sua primeira viagem após as eleições do dia 14, o venezuelano deverá passar ainda por Argentina e Brasil, com a intenção, entre otras, de fortalecer sua aliança estratégica com os países do Mercosul.

“Vamos consolidar a relação de irmandade e cooperação”, afirmou Maduro no Twitter ao anunciar sua chegada a Montevidéu. Pouco após o meio-dia, o chavista chegou à residência presidencial, onde se reuniu com seu colega uruguaio, José Mujica.

Depois do encontro, Maduro anunciou um fornecimento “permanente” de petróleo venezuelano para o Uruguai. Um acordo para a compra de 10,8 milhões de barris do produto durante 12 meses foi firmada entre os governantes.

Ao lado de Mujica, o chavista confirmou sua presença na cúpula do Mercosul, em 28 de junho, em Montevidéu, quando a Venezuela receberá do Uruguai a presidência rotativa da entidade. Mujica defendeu a presença de Caracas no bloco – obtida em junho do ano passado graças à suspensão do Paraguai, cujo Congresso não aprovava os venezuelanos no bloco, que foi causada pelo impeachment relâmpago de Fernando Lugo.

Maduro afirmou que considera seu colega uruguaio um “grande conselheiro” e quer “aprender com ele”.

Nas menos de 24 horas que passaria no Uruguai, Maduro tinha planejado ainda um encontro com o ex-presidente Tabaré Vásquez (2005-2010), receber as chaves da cidade de Montevidéu, visitar uma fábrica administrada pelos próprios trabalhadores e se reunir com uma central sindical.

Fonte: O Estado de S.Paulo

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*