Reservas provadas da Petrobras apresentam leve aumento

A Petrobras divulgou suas reservas provadas de petróleo e de gás natural, apuradas no final de 2012, segundo critéros da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), da Society of Petroleum Engineers (SPE), e também da Securities and Exchange Commission (SEC).

De acordo com o comunicado da companhia, as reservas atingiram 16,440 bilhões de barris de óleo equivalente (boe), resultando em aumento de 0,2% em relação ao ano anterior – que foi de 16,412 bilhão de boe -, assim distribuídos (segundo critério ANP/SPE):

– Brasil: 15,729 bilhão de boe
– Internacional: 0,711 bilhão de boe

Foram apropriados 0,914 bilhão de boe às Reservas Provadas e produzidos 885 milhões de boe o que resultou num aumento de 0,028 bilhão de boe em relação às reservas de 2011 (16,412 bilhões de boe). O aumento das reservas Petrobras se deve à incorporação de novas áreas descobertas de reservas nos campo de Stones e Chinook, no Golfo do México americano, e nos campos de Akpo e Agbami, na Nigéria. No Brasil, as reservas aumentaram graças às descobertas de novas acumulações perto das áreas já em exploração e também à declaração de comercialidade dos campos de Tartaruga Verde e Tartaruga Mestiça (Bacia de Campos), Baúna e Piracaba (Bacia de Santos), Piranema Sul e Arapaçu (Sergipe-Alagoas).

As descobertas próximas a áreas já em produção ocorreram nos campos de Golfinho (Bacia do Espírito Santo) e Marlim Sul (Bacia de Campos. Na Bacia do Recôncavo, foram descobertas acumulações perto dos campos de Araçás, Cexis, Fazenda Panelas e Taquipe.

De acordo com o critério SPE, para cada barril de óleo equivalente extraído em 2012 foi apropriado 1,03 barril de óleo equivalente, resultando no Índice de Reposição de Reservas (IRR) de 103,3%. A relação Reserva/Produção (R/P) ficou em 18,6 anos.

Critério SEC

No critério da SEC, que se difere por ter definições diferentes para as estimativas de volume, as Reservas Provadas atingiram 12,884 bilhões de boe, um aumento de 0,1% em relação ao ano anterior, assim distribuídos:

– Brasil: 12,263 bilhão de boe
– Internacional: 0,621

Durante o ano de 2012, foi apropriado 0,896 bilhão  de boe às Reservas Provadas e produzidos 884 milhões de boe o que resultou num aumento de 0,011 bilhão de boe em relação às reservas de 2011 (12,873 bilhões de boe).

De acordo com o critério SEC, para cada barril de óleo equivalente extraído em 2012 foi apropriado 1,01 barril de óleo equivalente, resultando no Índice de Reposição de Reservas de 101%. A relação Reserva/Produção (R/P) ficou em 14,6 anos.

Além dos volumes acima referidos, a Petrobras possui o direito de produzir o volume de até 5 bilhões de boe, adquirido em 2010 através do Contrato de Cessão Onerosa, em áreas do pré-sal, que não estão contabilizados como Reservas Provadas.

Fonte: Redação TNPetroleo

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*