Petróleo avança na expectativa de reunião da Opep

  Os barris de petróleo negociados em Londres e Nova York nesta segunda-feira (22) registram valorização, na expectativa de que a extensão do acordo de corte da Opep seja confirmada na reunião do dia 25 de maio e gere resultados. No início da semana passada, Arábia Saudita e Rússia concordaram em aumentar o prazo em nove meses, até março de 2018.


  Existe a possibilidade também da Opep aprofundar os cortes. Até agora, o acordo de corte iniciado em janeiro teria tido um impacto modesto nos níveis de estoque global, devido a um aumento na produção de países que não participam do acordo, como a Líbia, e ao aumento incessante da produção de óleo de xisto nos EUA.


  A commodity alcança o maior nível em mais de um mês, às 9h42, o barril de Brent para julho negociado na International Exchange Futures (ICE), em Londres, tinha alta de 1,23%, a US$ 54,27. Já o barril de WTI para entrega em julho, negociado no New York Mercantile Exchange (Nymex), em Nova York, registrava valorização de 1,34%, a US$ 51,35.

  No início deste mês, o crude norte-americano chegou a mínimas de cinco meses, entre preocupações com o constante aumento dos estoques dos Estados Unidos, que colocaram dúvidas sobre a capacidade do acordo da Opep de gerar resultados.

  Os barris de petróleo, que custavam em torno dos US$ 100 até o final de 2014, chegaram abaixo de US$ 30 no ano passado, devido ao excesso de oferta global.

Fonte: O Petróleo

]]>

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*