Petrobras registra déficit de R$ 7,4 Bi

O déficit comercial da Petrobras quadruplicou no primeiro trimestre do ano em relação ao mesmo período do ano passado, chegando a US$ 7,396 bilhões (R$ 14,8 bilhões, ao câmbio de ontem). Os dados foram detalhados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e consideram apenas as operações realizadas pela holding. Excluem, portanto, importações e exportações feitas por controladas da estatal que possuem outro CNPJ, caso da Petrobras Distribuidora.

O aumento das importações de derivados da estatal vem ocorrendo mais intensamente desde o ano passado para suprir o crescimento do mercado doméstico. Com a produção praticamente estagnada, a Petrobras tem de buscar no mercado externo o combustível que irá atender ao aumento da demanda interna.

Este ano, a Petrobras elevou em 40,2% as compras e viu encolher em 50,3% suas vendas para fora do País. O problema é que os preços internacionais atualmente estão em patamar mais elevado, o que sacrifica ainda mais o caixa da companhia. Mesmo o reajuste de 6,6% no preço da gasolina e de 5,4% no diesel no fim de janeiro foi insuficiente para equilibrar a conta. Além disso, a Petrobras tem registrado queda na produção.

O último dado divulgado pela empresa é relativo a fevereiro: foram 1,920 milhão de barris por dia de óleo e de gás natural liquefeito, resultado 2,25% inferior ao alcançado em janeiro, que também havia apontado queda, de 3,3%. A produção no Brasil, como já informou a presidente da companhia, Graça Foster, só deve retomar a curva de alta em 2014, quando a companhia espera recuperar taxas de autossuficiência.

Importações

De janeiro a março, segundo os dados do ministério, as importações da estatal somaram US$ 10,166 bilhões (preço FOB, sem os custos de transporte e seguro). As exportações totalizaram US$ 2,770 bilhões. Em 2012, o saldo reportado pela Petrobras no primeiro trimestre também foi negativo, mas bem inferior, de US$ 1,679 bilhão. Os dados do ministério diferem de números apresentados pela Petrobras.

Fonte: Diário do Nordeste (CE)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*