Manguinhos vai receber aporte de R$ 55 milhões

A Refinaria de Petróleo Manguinhos anunciou ontem, por meio de um comunicado ao mercado, que receberá aporte de aproximadamente R$ 55 milhões do controlador Manguinhos Participações. O objetivo, segundo acionistas minoritários, é dar sobrevida à empresa, assim como fazer frente aos gastos com demissões de funcionários, pagamento de impostos e de fornecedores, após o anúncio de desapropriação feito em outubro passado pelo governo do Estado do Rio de Janeiro.

Segundo Ronaldo Nobre, acionista da companhia e porta-voz dos minoritários, existia a necessidade de aportes, já que a Manguinhos foi “muito prejudicada” com o anúncio de expropriação de seu terreno. “A empresa continua operando, mas hoje só existe um contrato em vigor, com a Ultrapar, para beneficiamento do gás engarrafado”, disse. “A companhia vai usar esses recursos para se manter girando, pagar fornecedores, impostos”, afirmou o acionista da empresa.

Nenhum porta-voz da Manguinhos foi encontrado pelo Valor para comentar o aporte. A sede da refinaria está praticamente vazia, segundo Nobre.

A empresa informou ainda, no comunicado, que formalizará consulta à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre como proceder em relação à subscrição das ações.

A Refinaria de Petróleo Manguinhos entrou com mandado de segurança em novembro contra o ato do governo do Rio. Segundo a companhia, o imóvel foi concedido à refinaria pelo governo federal. O governo do Rio pretende transformar o terreno em um bairro de residências populares. Ontem, as ações ON da Refinaria de Petróleo Manguinhos subiram 4,17%, para R$ 0,25.

Fonte: Valor Econômico

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*