Grande desafio da Petrobras é aumentar produção de petróleo e gás natural, diz Graça Foster

Para a presidenta da Petrobras, Graça Foster, o grande desafio da companhia está diretamente ligado ao aumento da produção de petróleo e gás natural, uma “preocupação que a empresa vive 24 horas por dia” e que é necessário para atender aos anseios do acionista controlador (a União) e também de todos os brasileiros.

Graça Foster participou, no dia 6 de novembro, em Vitória (ES), da cerimônia de inicio da produção do Projeto Pré-Sal de Baleia Azul com a entrada em operação da plataforma FPSO (unidade flutuante que produz, armazena e transfere petróleo e gás) Cidade de Anchieta e conclusão do Sistema de Escoamento e Processamento de Gás.

Hoje, a produção do pré-sal, em campos operados pela Petrobras, está em 205 mil barris por dia, respondendo por cerca de 10% da produção total da companhia. A Petrobras mantém inalterada a previsão de que a produção ficará em torno de 2 milhões de barris de óleo por dia em 2012 e em 2013.

A empresa acredita que deverá fechar 2012 com uma produção diária crescente até o final do ano e que, em outubro, a extração deverá ficar em torno dos 1,94 milhão de barris de óleo de média diária. Em novembro, a produção deverá ser ainda maior, uma vez que haverá, além da entrada em operação da FPSO Cidade de Anchieta, um número menor de paradas programadas.

O Plano de Negócios 2012-2016 da Petrobras prevê para o estado do Espírito Santo investimentos de US$ 17,2 bilhões nos próximos cinco anos. A plataforma Cidade de Anchieta destina-se exclusivamente à produção da camada pré-sal dos campos de Baleia Azul, Jubarte e Pirambu, localizados no Parque das Baleias, na porção capixaba da Bacia de Campos.

A unidade, afretada à empresa SBM Services, tem capacidade para processar, diariamente, 100 mil barris de petróleo e 3,5 milhões metros cúbicos de gás. O navio-plataforma escoará a produção de gás pelo Gasoduto Sul-Norte Capixaba até a Unidade de Tratamento de Gás de Cacimbas, no litoral do Espírito Santo.

Fonte: Agência Brasil

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*