EBR E TECHNIP/TECHINT vão montar P-74 e P-76

Saiu o resultado definitivo da licitação aberta pela Petrobrás para a integração das plataformas P-74 e P-76. O estaleiro EBR, presidido por José Padilla, apresentou o menor valor total de montagem das duas unidades (US$ 1,344 bilhão), considerado um valor muito baixo pelo mercado, mas a empresa levou apenas a P-74, que se propôs a fazer por US$ 741 milhões. Já o outro vencedor foi o consórcio Technip/Techint, que apresentou uma proposta de US$ 889 milhões para fazer a integração da P-76.

As unidades serão feitas em estaleiros no Rio Grande do Sul e depois passarão a operar na Cessão Onerosa, na Bacia de Santos. Atualmente os cascos, que incluem também a P-75 e a P-77, estão sendo convertidos no estaleiro Inhaúma (RJ).

Além das duas vencedoras, quatro outros grupos participaram da concorrência: Andrade Gutierrez/GDK, Engevix, Jurong e o consórcio Queiroz Galvão/Camargo Corrêa/Iesa. O Grupo CMO também estava no páreo inicialmente, mas teve a proposta desclassificada. O consórcio formado entre a Andrade Gutierrez e a GDK era apontado como um dos favoritos após o EBR, mas, com o pedido de recuperação judicial da GDK, a proposta perdeu força.

Fonte: Petronotícias

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*