Deloitte inaugura Centro de Excelência de Petróleo e Gás no RJ

A Deloitte, empresa especializada em consultoria e auditoria, inaugurou no dia 17, no Rio de Janeiro, o seu primeiro Centro de Excelência de Óleo & Gás (CoE) da América Latina. Com investimentos de US$ 1 milhão, o CoE terá 120 profissionais de diversas especialidades, que atuarão sob um modelo multidisciplinar para atender aos desafios das empresas do setor.

O lançamento do CoE ocorre em uma conjuntura de novas perspectivas de mercado, com a retomada das rodadas de licitação para blocos de exploração e produção no país. Em outubro, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) realizará a 1ª rodada de licitações do pré-sal, área de Libra, a primeira no modelo de partilha de produção. Já em novembro, a 12ª rodada de licitações ofertará 240 blocos exploratórios em terra, com foco no segmento de gás convencional e não-convencional.

“A indústria de óleo e gás representa 60% do faturamento das áreas de consultoria da Deloitte no Rio de Janeiro. O Brasil, por sua vez, concentra boa parte das expectativas de desenvolvimento desse setor no mundo”, afirma o líder do atendimento às organizações de Óleo e Gás da Deloitte no Brasil, Carlos Vivas. “Nós estamos oferecendo às empresas a experiência internacional que irá apoiá-los na obtenção de fortes metas de crescimento, assim como servir de ponte para que as empresas internacionais entendam o contexto brasileiro do ponto de vista comercial, jurídico, lega e tecnológico.”

Abordagem multidisciplinarPara Vivas, o CoE se insere em uma estratégia da organização de atender às empresas de toda a cadeia da indústria a partir de uma visão completa de seus desafios. “Nosso Centro de Excelência proporciona aos clientes muito mais do que serviços de consultoria para responder a necessidades específicas. Nossa proposta é reunir, em um mesmo espaço físico, e com instalações apropriadas, profissionais com especializações diversas para atender à indústria de óleo e gás com soluções multidisciplinares e customizadas à realidade da empresa”, afirma. Entre as soluções customizadas da Deloitte para o setor, está a avaliação de reservas de petróleo e de estudos geológicos, por meio da área de Resource Evaluation & Analysis.

Na liderança técnica das atividades do CoE, está o diretor do Centro de Excelência de Petróleo e Gás da Deloitte no Brasil, Ricardo Savini. Com mais de 26 anos de experiência na indústria de petróleo em diversos países – como Brasil, Venezuela, Argentina e Estados Unidos – Savini ocupou diferentes cargos de gestão nas áreas de Exploração e Produção, como gerente de Geologia & Geofísica, Reservatório, Serviços Técnicos, Planejamento & Desenvolvimento de Negócios e Operações.

 

“Este é um momento pouco comum na indústria global. O Brasil tem como desafio levar a produção de petróleo de 2 a 4 milhões de barris por dia nos próximos anos. O rápido crescimento da produção aconteceu em outros lugares do mundo ao longo do século 20 e ofereceu um enorme dinamismo econômico”, comenta o diretor. “As oportunidades foram grandes, e regiões como os países do Mar do Norte e a costa do Golfo do México aproveitaram para estabelecer uma diversificada rede de fornecedores e fortalecer suas universidades e centros de pesquisa para suportar esse espetacular crescimento da produção”, diz.

A Deloitte está presente no Rio de Janeiro desde 1911. A empresa conta com equipes integradas e altamente especializadas no setor em Houston, Calgary, Londres, Oslo, Roterdã, Moscou, Cidade do Cabo, Dubai, Pequim, Hong Kong, Perth e Singapura, além de uma total sinergia com Buenos Aires para o atendimento do mercado latino-americano.

Fonte: Redação TN

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*