Área de Lula Nordeste começa produção de petróleo e gás

O navio-plataforma Cidade de Paraty deu início nesta quinta-feira (7) à produção comercial da área de Lula Nordeste, no pré-sal da Bacia de Santos. A Petrobras informou que a nova plataforma faz parte do conjunto de projetos de produção programados para este ano no Plano de Negócios e Gestão (PNG 2013-2017).

A plataforma Cidade de Paraty é uma unidade que produz, armazena e transfere petróleo. Ela está ancorada a cerca de 300 quilômetros da costa e tem capacidade para processar, diariamente, até 120 mil barris de petróleo e 5 milhões de metros cúbicos de gás.

O poço 7-LL-11-RJS, primeiro a ser interligado à plataforma, tem potencial de produção de 25 mil barris por dia. A produção no primeiro mês de operação, entretanto, será de cerca de 13 mil barris de óleo por dia, sendo aumentada progressivamente à medida que forem sendo comissionados os sistemas para processamento e reinjeção do gás natural. O petróleo produzido na área de Lula Nordeste tem elevada qualidade e média densidade (29º API) e será escoado por navios aliviadores. A estatal estima que o pico de produção, de 120 mil barris de petróleo por dia, seja atingido no segundo semestre de 2014.

O campo de Lula tem volume recuperável total estimado em 8,3 bilhões de barris de óleo equivalente (petróleo mais gás) e começou a produzir em 2010 com o navio-plataforma Cidade de Angra dos Reis, quatro anos e meio após a sua descoberta, ocorrida em 2006. O módulo de Lula Nordeste é o segundo dentre os dez módulos definitivos de desenvolvimento do campo de Lula (incluindo a área de Iracema) contemplados no PNG 2013-2017.

Fonte: Agência Brasil

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*