ANP recomenda licitações do pré-sal a cada dois anos

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) recomendou ao governo federal que realize rodadas de licitação para exploração de petróleo no pré-sal pelo menos a cada dois anos, disse nesta segunda-feira a diretora-geral da autarquia.

“Licitar pré-sal todo o ano é complicado. É muito volume”, disse Magda Chambriard, durante evento no Rio de Janeiro.
Ela avaliou também que leiloar lotes maiores do que os atuais seria “tirar valor do país”.

A executiva disse que o pacote de áreas do pré-sal a ser leiloado este ano é de cerca de 40 bilhões de barris in situ.

O petróleo in situ representa uma acumulação de petróleo em uma determinada região, em reservatórios descobertos ou de existência inferida por pesquisas, mas não significa que todo esse volume é recuperável.

O primeiro leilão de áreas do pré-sal sob o novo regime, o de partilha da produção, que garante uma fatia maior de ganhos ao Estado, deve ocorrer em 28 de novembro.

2014

Magda Chambriard afirmou também que a ANP planeja realizar uma rodada de leilões de áreas em bacias maduras voltada para empresas de pequeno e médio porte, em 2014.

Fonte: Reuters

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

You may use these <abbr title="HyperText Markup Language">html</abbr> tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*